Com o desejo de ir além em nossos projetos e, consequentemente, criar novas formas de levantar recursos, estamos preparando a criação do INSTITUTO OMUNGA.

A ideia de fundar um instituto não é nova. Na verdade, antes de criarmos a OMUNGA Grife Social em regime privado com fins sociais, a possibilidade de criar uma ONG foi considerada.

No entanto, em 2012 e 2013, ao retornar de Angola após alguns anos, eu tinha o desejo de criar protótipos de projetos para atuar em larga escala no futuro e gostaria de fazer isso rápido e com autonomia, de forma que os ideais desse projeto de transformações fossem muito bem preservados.

O projeto “Escolas do Sertão” com duas bibliotecas no sertão do Piauí (Betânia do Piauí e Curral Novo) ocorreram com muito êxito. Já o projeto “Livros para África” com muitas dificuldades e atraso em função da baixa de empresas brasileiras que atuavam em Angola via exportações e também por conta da crise no Brasil. Muitas empresas declinaram em investimentos sociais.

Contudo, não desistimos de Angola e não vamos desistir. Ainda em 2016, iremos inaugurar a biblioteca em Luanda, capital de Angola e efetivar o segundo protótipo da grife.

Para o terceiro e ultimo protótipo, antes de atuarmos em larga escala, será chancelado por meio do Instituto OMUNGA.

A escolha pelos membros da diretoria foi longa e desafiadora. Pois, além de compor um número mínimo de profissionais envolvidos, era necessário que os componentes tivessem, além de identificação com a causa, competências técnicas (profissionais de comunicação, design, administradores, educadores, agentes públicos, gestor de organização social, profissionais de inovação, advogados, consultor contábil, pesquisadores, entre outros), disponibilidade de tempo e ideias para uma relação duradoura.

O amparo legal está por conta do advogado Juliano Scarpetta da Scarpetta & Teicofski Advogados de Joinville e o Gustavo Gois da Triade Desenvolvimento de Curitiba.

Em breve a diretoria será apresentada e por hora, através de métodos de planejamento e gestão Meta Plan, estamos criando o planejamento dos próximos 2 anos da OMUNGA via Instituto OMUNGA que terá como objetivo manter os projetos: “Escolas do Sertão”, “Livros para África”e também o projeto “OMUNGA na Amazônia”.

A OMUNGA Grife Social, por hora, não será substituída pelo INSTITUTO OMUNGA, já que ainda teremos muitos desafios até que o INSTITUTO seja autossustentável e consiga viabilizar os três projetos citados, como também aqueles que serão promovidos em larga escala.

O importante é que, mais do que nunca, estamos comprometidos com a promoção da educação nas regiões mais carentes do Brasil e do mundo, por meio da construção de bibliotecas e formação de professores de forma estruturada e planejada.

Assim, no ultimo sábado, ocorreu o 2º WOKSHOP – INSTITUTO OMUNGA onde começamos a traçar uma série de objetivos, relacionados a métodos de gestão, governança e indicadores que possam garantir a eficácia de nosso trabalho e total transparência. Estavam presentes membros da diretoria, representantes dos voluntários e conselheiros.

 

Nosso trabalho ainda não está pronto, mas já respiramos outro “astral de trabalho” que nos motiva e nos faz acreditar ainda mais em nosso potencial de transformação.

Enfim, temos muito por aprender para sermos cada vez mais assertivos e não cometermos os mesmos erros. No entanto, estamos sim mais preparados e contando com uma equipe com alto potencial de performance para que a OMUNGA seja um verdadeiro instrumento por um mundo melhor, por meio da educação.

Carbon | Espaço e Mentoria p/ Startup’s e Empresas: www.carbonize.com.br – contato@carbonize.com.br

Scarpetta & Teicofski Advogados – juliano@setadvogados.com.br

Triade Desenvolvimento: www.triadedesenvolvimento.com.br/ – Gustavo Gois – gustavo@triadedesenvolvimento.com.br

Fotógrafo Voluntário: Renato Ganske Júnior – www.renatoganske.com.br/ – contato@renatoganske.com.br

Atenciosamente,

Roberto Pascoal
Empreendedor Social
roberto.pascoal@omunga.com | www.omunga.com | www.robertopascoal.com