Como diz o ditado popular: “uma andorinha só não faz verão”. A Grife Social OMUNGA, também não.

Desde os primeiros insights que resultaram na grife e em seus projetos, contamos com ideias, sugestões, críticas, ações e todo tipo de participação que voluntários, conselheiros, empresários e lideranças do empreendedorismo social nos ofereceram espontaneamente.

Alguns, de forma pontual, outros, com alguma regularidade e outros ainda de forma permanente e é esta participação, ou melhor, a doação desses fantásticos colaboradores que nos motiva a irmos cada vez mais longe.

Usamos com frequência a frase “Não basta ter compaixão, é preciso agir” e nossos voluntários são os primeiros a transformar em atitudes concretas essas palavras: redatores, designers, bibliotecária, produtores de vídeo, administradores, fotógrafos, equipe de apoio, educadores, enfim, uma equipe de trabalho que sonha, mas que nunca “dorme no ponto”.

Certamente, nem sempre pensamentos, objetivos, forma de trabalho são convergentes mas isso, em hipótese alguma, diminui a importância do ato e da vocação para servir e o valor de quem acaba por seguir outro caminho

Desejamos, em breve, ter uma equipe fixa de trabalho, inclusive, remunerada, mas certamente, jamais deixaremos de contar com essa energia contagiante dos nossos voluntários.

Um estudo realizado pela organização britânica Charities Aid Foundation – CAF, o “World Giving Index 2012 – A global view of giving trends”  mostra que o Brasil, embora ocupe apenas a 83ª posição no ranking dos países mais generosos em doações (liderado pela Austrália), está entre os dez países com o maior número de voluntários – cerca de 18 milhões.

É muita gente querendo fazer o bem e isso não nos surpreende, pois nunca ouvimos um voluntário dizer que não se sentiu bem por ajudar alguém e desejamos que a Grife Social OMUNGA também possa propor essa motivação, que ao olhar a marca, um produto, um projeto, as pessoas possam pensar: Há quanto tempo não ajudo alguém? O que me impede? Por que não estou fazendo mais? Por que não estou trazendo outras pessoas para esta causa?

Enfim, nossa intenção não é apenas articular pares da sociedade para promover a construção de bibliotecas em lugares extremamente desfavorecidos, mas também ser uma nova forma de pensar.

E que nossos voluntários possam cada vez mais alimentar esse desejo!

Obrigado por acompanharem nosso blog!

Não deixem de compartilhar, participar e nos ajudar a promover os projetos da grife social OMUNGA, pois não basta ter compaixão, é preciso agir! Juntos, podemos tudo!

Cordialmente,

Equipe – Grife Social OMUNGA